Atenção!!!

Com a mudança de endereço, qualquer link clicado que não abrir basta trocar:

o homm3 por heroesofmightandmagic3 que abrirá.

Links muito antigos acabaram ficando quebrados mesmo. Só os mais atuais que irei dar uma atualizada.




sábado, 29 de outubro de 2011

Bastidores da Criação II: O começo do Armageddon

           Para quem não sabe, Heroes of Might and Magic possui um “irmão” o Might and Magic. Enquanto o nosso Heroes é um jogo de estratégia, o M&M é um jogo de RPG. Ambas seqüências desses jogos eram lançadas paralelamente, embora não sendo integralmente desenvolvidos pelas mesmas equipes, existia uma integração entre os jogos. Muito da história, criaturas era comum nos dois jogos, assim existia sempre uma preocupação em evitar contradições e conflitos entre as duas “franquias”.

Essa imagem do Might and Magic VII é muito linda. Aqui mostra o mundo Might and Magic. Se você olhar atentamente está ai Erathia. Não esqueça o heroes III original se chamava: Heroes of Might and Magic III : Restoration of Erathia. E se olhar cada pedaço desse mapa, vai achar muitas coisas em comum com entre M&M e Homm. 

            Assim enquanto as expansões para o Heroes of Might and Magic III eram lançadas, o Might & Magic VII: For Blood and Honor, acabava de ser lançado. Isso acabou abrindo caminho para que surgisse a idéia de criar o castelo Forge que possuía história dentro do Might and Magic.
Essa é imagem do Forge dentro do Heroes III. 

            Essa idéia partiu exatamente do “Lead designer”, Greg Fulton. Lead designer é nada menos que o cabeça de todo um jogo, é o chefão, é ele que coordena, é responsável por tudo que é criado. 
           O Forge seria um castelo carregado de elementos de ficção cientifica avançada, seu estilo se chocava com o tradicional “medieval” da séries Heroes. Apesar de ser algo já comum na série Might and Magic, no Heroes isso era uma grande novidade. Quanto as primeiras imagens do Forge foram divulgadas, a reação de muitos fãs do jogo foram as piores possíveis, chegando a organizar um boicote ao jogo.

Olha a animação inspirada no minotauro: VOANDO!!  Essa criatura seria do castelo Forge. 
Naga Tank pronta para detonar e causar! Muita polêmica!
 Eu confesso que não estava preparado para uma castelo assim. Essa imagem é verdadeira, pelo que apurei, ela teria sido divulgada no site da 3DO. A nudez da naga também gerou alguns protestos, mas que ficaram longe do que os seus "assessórios" (tank e metralhadoras) causaram. 
            
            Mas a onda de protestos foi longe, um fã do jogo chegou a fazer ameaças de morte. Isso colocou Greg Fulton em uma situação desconfortável na empresa, principalmente depois da empresa ter feito pouco caso dessa tensa situação.
            A onda de protestos fez o projeto ser refeito, o Forge foi cancelado e veio no lugar o Conflux. Mas Greg Fulton, ameaçado de morte, pediu demissão.

                Os elementais e algumas novas criaturas neutras se uniram e deram origem ao castelo Conflux. Um castelo bastante criticado, e também pudera, foi feito de última hora para substituir o Forge que já estava em produção. Pesquisando mais sobre o assunto, descobri só por agora, que o Conflux seria um castelo do jogo, porém entraria na segunda expansão, ele foi antecipado. Heroes of Might and Magic III teria terminado com 10 CASTELOS e não "apenas" 9. 
              Na história da primeira expansão, em vez de Armageddon Blade a ameaça da destruir tudo seria as máquinas bélicas do Forge. 
Essas imagens ilustram algumas mudanças nos heróis do Armageddon Blade.


             Ainda ficará na minha cabeça pesquisar mais sobre o que foi mantido na primeira expansão e o que foi eliminado. Armageddon Blade talvez tenha reunido um misto do que estava previsto para as duas expansões do Heroes III, mas note que os heróis da expansão do forge foram mantidos, talvez alguns seriam Heroes ligados ao forge diretamente, mas as histórias deles acabaram sendo adaptadas. 
  The Shadow of Death talvez tenha entrado de última hora, como a segunda expansão. Talvez fosse uma terceira ou tenha nascido puramente para tapar o buraco (não apurei isso ainda). 

Voltando ao que foi o jogo:
            Heroes of Might and Magic III foi um jogo excepcional, suas expansões foram concluídas sem problemas. Muito já tinha pronto, foi fácil empurrar com a barriga em cima de algo que ia muito bem. O problema mesmo ficou para Heroes IV, que ficou com a responsabilidade de suceder um mega sucesso e a produção estava sem o “Lead designer”. 

Próxima postagem em 2 dias: Heroes of Might and Magic: Recomeçando do zero.

Eles pegaram um novo caminho, mas não esperavam os monstros que o aguardavam. Em 2 dias a terceira parte dessa longa história. 


Um comentário:

Anônimo disse...

Putz teve um noiado que ameaçou ele de morte? kkkkkkkkkkkkkkkkk

aff... O cara nem deveria ligar p/ essas besteiras... É lógico que ninguém iria saber onde ele mora e tals...

Mesmo sendo "contra" aos padrões de principio do 3... Acho que esse castelo seria mto bacana, po a historia da campanha tinha tudo a haver... Eles vinheram do futuro e tals em um mundo de magia ou algo assim p/ destruir tudo e conquistar tudo..

E na minha opnião o corpo das criaturas... pelo menos a da naga tank ficou com cara do 3...

Esses "fans" que exageram não sabem o lugar deles, e que eles não fazem parte em nada da criação só fazem bosta mesmo... acho que o 3 seria bem mais polemico e com mecanicas mais avançadas se tivesse sido implementado...

Verdade é que nessas expanções pouco foi inovado...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget

Colaboradores