Atenção!!!

Com a mudança de endereço, qualquer link clicado que não abrir basta trocar:

o homm3 por heroesofmightandmagic3 que abrirá.

Links muito antigos acabaram ficando quebrados mesmo. Só os mais atuais que irei dar uma atualizada.




sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Mitologias: Hydra – Soberana no céu.

A Hydra até que não trabalha muito no Heroes of Might and Magic III e suas habilidades nem são tão caprichadas como as que a Hidra de Lerna possuía, imaginem só... Como seria se a nossa Hydra se regenerasse e ainda fosse venenosa? Apenas no Heroes of Might and Magic V que a Hydra ganha capacidade de regeneração (não contando o Wog que é uma criação não-oficial).
A Hidra vem da lenda da Hidra de Lerna que faz parte da mitologia grega.
Foi um animal criado pela deusa Hera, morava no pântano de Lerna e possuía inúmeras cabeças de serpente, essas cabeças se regeneravam, onde cada cabeça morta surgiam pelo menos duas novas no lugar. Seu corpo era de Dragão e seu hálito venenoso.
A Hidra foi derrotada pelo Herói Hércules que atirou uma pedra na cabeça que seria imortal do monstro. Para evitar que as outras cabeças se regenerarem, Hércules pediu ao seu sobrinho (Jolau) queimar cada cabeça depois de cortada.
Hércules, ainda, aproveitou para banhar suas flechas no sangue venenoso do animal morto.
Esta é sem duvida uma das lendas mais conhecidas.


Hydra é a maior de todas as constelações do céu, veja a imagem (Hya, abreviatura da constelação), o Cruzeiro do Sul é apenas a octogésima oitava.


A Hidra verde

Um celenterado se chama Hydra. Um pequeno animal, que vive na água doce, com apenas 2 mm de comprimento.

H. I. D. R. A.

O monstro mitológico também inspirou uma grande organização internacional que busca conquistar o mundo nos quadrinhos de Marvel Comics. Assim como na mitologia, a H.I. D. R. A. mesmo que depois de vencida, consegue se reagrupar e retornar ainda mais poderosa e ameaçadora do que antes.

A Hidra também é nome de livro.
A Hidra e os Pântanos de Flávio dos Santos Gomes

“Como o próprio título do livro determina, o quilombo é retratado de forma recorrente no Brasil principalmente do Século XIX, a partir da figura da Hidra, monstro mitológico que mesmo tendo sua cabeça cortada ressurge com outra, e mais outra e outra , e também a figura dos pântanos, um lugar aparentemente inocente ou desqualificado, mas que na verdade trata-se de um terreno perigoso e cheio de artifícios que pode surpreender e muito um visitante despreparado”


Políticos considerados Hidras..
.
Imagem de uma hidra com as fotos e os nomes de três senadores em um protesto no Rio de Janeiro.

Bicho-de-sete-cabeças
Eh a Hidra na boca do povo quando alguém deseja se referir a algo de difícil enfrentamento e penosa solução ou o contrario, algo que não é um "bicho-de-sete-cabeças", algo que não é muito fácil, mas da para encarar.


Essa postagem para não ficar como um bicho-de-sete-cabeças continua em uma segunda parte. Temos muito ainda que falar sobre a Hydra.


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget

Colaboradores