Atenção!!!

Com a mudança de endereço, qualquer link clicado que não abrir basta trocar:

o homm3 por heroesofmightandmagic3 que abrirá.

Links muito antigos acabaram ficando quebrados mesmo. Só os mais atuais que irei dar uma atualizada.




quarta-feira, 31 de março de 2010

AS CRIATURAS DE LEVEL 01








Vamos agora finalmente começar a falar das criaturas de level 01 do Heroes of Might and Magic III.

As criaturas de level 01 são as mais difíceis de lidar, exigem muito cuidado do jogador e até um pouco de sorte para fazerem a diferença no jogo. Essas criaturas são muito frágeis, um simples dano do inimigo já pode causar perdas consideráveis.
Você pode passar semanas juntando, protegendo essa criaturas, mas basta uma distração, enfrentar um grande número de dragões ou ir atacar um castelo do pc (o pc adora usar as torres em cima delas), e do nada você pode perder todas (ou quase todas) as criaturas que penou para acumular.



São lentas.
A maioria das criaturas de level 01 são muito lentas. Em algumas batalhas, sem auxilio de magias, 300, 400 criaturas podem morrer, sem se quer conseguir desferir um golpe no inimigo, pois morrem no caminho, tentando conseguir se aproximar de seu alvo.

Precisam de grande número.
Quanto reunidas em grande número podem fazer estrago, mas mesmo assim, as criaturas de level 01 precisam também contar com um bom “time” de apoio.
Se o foco dos ataques do inimigo for nas criaturas de level 01, mesmo em grande número, elas podem decepcionar. Afinal, com baixo número de pontos de vida, 1000 criaturas podem ser eliminadas por um bom exército em algumas rodadas. Ao sofrerem um simples dano, com a morte de várias criaturas aquele dano que, por um momento, era de 500, 1500, rapidamente baixa para algo desprezível.

Coadjuvantes
Tirando os esqueletos da necropolis, as melhores criaturas fazem a diferença quando são discretas. O jogo das criaturas de level 01 funciona muito bem quando o inimigo está distraído atacando outras criaturas.


Estratégias:
Existem muitas estratégias que podem ser feitas com essas criaturas.
Você tanto pode assumir que elas são fracas e usá-las para tomar dano (tomar retaliação no lugar das suas melhores criaturas) ou proteger seus arqueiros.
Aproveitar o seu grande número para atacar livre de retaliação (atacando criaturas que já foram atacadas na rodada) pode ser uma boa tática.
Na falta de um exercito bom, você também pode aproveitar o começo do jogo e “sacrificar” pilhas dessas criaturas para conquistar minas e estruturas do mapa.
Recrutar, quando pode, Heróis da sua mesma facção na taverna. Isso irá ajudar a aumentar ainda mais seu número.

Guerreiros são mais indicados.
Se o foco for valorizar as criaturas de level 01, não recomendo um grande mago, fraco em músculos, ficar investindo em criaturas de level 01, ele vai viver sempre perdendo elas rapidamente.

Já um bom guerreiro pode fazer elas render, tanto em dano que poderão causar, como pelos pontos de defesa que poderão aumentar muito a sua durabilidade. Um herói com +20 de defesa, vai deixar um Halberdier com +25 de defesa, isso significa mesma resistência de um Black Dragon (sem herói). Isso explica facilmente porque muitas vezes um herói que controla um exercito bem superior, mas pena para bater um bom guerreiro que está com um exercito capenga, uma pele de pedra e unhas bem afiadas podem surpreender.


Próxima postagem da seqüencia: O Imp
Começando a falar individualmente de cada criatura do jogo.




Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget

Colaboradores